Voltando a casa

Sumário: Onde nasceu minha alma.

Publicação: 5 Jan 2021
Tempo de leitura: 1 min

Assuntos: poesia
Palavras-chave: Brasília viagem coração céu nuvens Rio de Janeiro navegante
Pessoas: Juscelino Kubitschek

No mar de Brasília.
Nuvens recortam o chão.
Coração de volta.

Voltei hoje a Brasília. Meu corpo nasceu no Rio, minha alma em Brasília. Em meio às nuvens, lembrei da frase de Juscelino Kubitschek – “o céu é o mar de Brasília” –, e pensei que isso faz de mim, há muito, um navegante.