Rayana Fridlund

Rayana Fridlund

Hey! Eu sou a Ray, mas o governo me conhece como Rayana Fridlund.

Meu contato com o RPG começou aos 13 anos, vindo da minha participação em um fórum online dedicado a Senhor dos Anéis. Desde então o RPG tem sido uma parte constante da minha vida, e é com orgulho que eu menciono (às vezes excessivamente) que jogo com o mesmo grupo há 17 anos, toda sexta-feira. Juntos nós exploramos uma variedade de títulos e sistemas de RPG, e de 2006 a 2011 produzimos conteúdo juntos para o Blog da Matilha, um dos primeiros blogs de RPG do Brasil e então um dos maiores produtores de conteúdo original de crítica e teoria de RPG.

Foi como co-autora do Blog da Matilha que e tive a incrível oportunidade de ser uma jurada no concurso cultural de lançamento do Novo Mundo das Trevas chamado Eu, Criatura convidada pela Devir. Em 2020, após realizar um workshop sobre RPG em Curitiba e desenvolver um Cardgame sobre RPG chamado Cartas de Navegação, eu criei O Farol do Leocórnio, uma instituição multi-plataformas cuja bandeira é ˜RPG é Arte˜.

O Farol é um espaço dedicado a conversar o RPG como mídia e como arte, e à promoção e valorização do RPG nacional. Foi através do Farol que criamos a RPG Jam 2020, um concurso nacional de criação de sistemas de RPG originais em 48 horas, em conjunto com a Prof. Mônica de Faria, da Universidade de Pelotas.

Eu também tive o prazer de ser parte da banca no concurso cultural de Falhas Críticas, organizado pelo Movimento RPG, bem como ter um conto meu publicado no livro Thordezilhas: Mar de Lírios, além de um artigo publicado na revista Forbidden Magazine, da editora Buró.