blog antigo

1856

O texto a seguir é uma introdução às regras do 1856, um jogo da série 18XX. Princípios Básicos O principal ponto que você deve ter em mente é que, durante o jogo, você age de modo esquizofrênico. Em algumas ocasiões, você joga por si, como um investidor; em outras ocasiões, você joga pelas companhias que você controla. Mas as companhias não ganham o jogo, e sim você. Assim, de nada adianta ter a melhor companhia, mas acabar sem dinheiro.

Fim do forum da Confraria Lúdica

No último dia 12 encerrei as atividades do forum da Confraria Lúdica, que vinha funcionando desde 2009. Como alguns dos usuários do forum mandaram mensagens com questionamentos a respeito dessa decisão, resolvi expor aqui em maior profundidade a história do forum e os motivos que levaram ao seu fim. Em 2009, além de continuar participando da Confraria Lúdica, eu estava também engajado com o clube Heavy Games Brasília, fundado nas páginas da Ilha do Tabuleiro. Os veteranos da Ilha podem se lembrar que no segundo semestre deste ano aquele site passou várias semanas fora do ar e, quando voltou a funcionar, o novo layout causou um sem-número de reclamações.

Migração

Para evitar a duplicação de material, bem como para facilitar o intercâmbio da comunidade lúdica, estou a partir de hoje migrando o Falando em Jogos para o forum da Confraria (https://lcduarte.com/forum/viewforum.php?f=13). Estas páginas vão continuar aqui, mas não serão mais atualizadas. A propósito, terei prazer em hospedar outros blogs lúdicos no forum, basta entrar em contato comigo para que eu abra o espaço.

Maharaja de improviso

Aconteceu de estarmos em casa sem programação, e sugeri um jogo para passar o tempo. Jogamos Maharaja a três: eu, Andréa e Juca; consegui vencer, mas não foi um passeio, os dois jogaram bem.

Fuga de Nova Caprica

FInalmente conseguimos explorar toda a expansão Pegasus para o Battlestar Galactica — e que jogo! Os humanos conseguiram vencer, juntamente com a líder cilônia Caprica Six. Jogamos eu, Marcelo, Sérgio, Rafael (os quatro humanos), Andréa (Six), Sílvio e Rodrigo (os cilônios). Coloquei mais detalhes no forum da Confraria, em https://lcduarte.com/forum/viewtopic.php?f=4&t=5&start=0.

Dia D do RPG 2009

Primeiro dia daquele que tem sido o principal evento de RPGs no DF, o (impropriamente chamado) Dia D do RPG. Desta vez dei uma ajuda para o pessoal da organização e acabei convidado para realizar duas atividades. Pela manhã, comecei orientando uma partida de Betrayal At House On The Hill, com seis jogadores, que foi um grande sucesso, com os exploradores conseguindo derrotar os Espectros. Depois, ministrei uma palestra sobre jogos de tabuleiro para uma platéia de cerca a 15 pessoas.

Recebendo amigos

Tive hoje o prazer de receber os amigos em casa para uma tarde de jogatinas. Fiquei especialmente feliz em ver Renato “Casulo” e Rodrigo, que vieram de Goiânia. Joguei Ideology, Container, Battlestar Galactica e Wealth of Nations; consegui vencer a partida de Container.

Comemorando os 30 anos da Confraria

Como parte das comemorações dos 30 anos da Confraria, hoje tive o prazer de receber em minha casa os confrades e quase-confrades de Brasília e mais Edward, que veio especialmente do Rio para o evento. Além de Edward, vieram também Luiz Henrique, Udo, Paulo Müller, Claudio, José Theodoro, Breno e Sérgio; Mirian e Juca também abrilhantaram os jogos. Começamos jogando Ubongo Extreme — eu, Juca e Edward, com vitória minha — e seguimos com uma partida de Container entre Juca, Mirian, Edward e eu; Edward venceu.

Sábado de jogos

Hoje tive a alegria de receber um convite de meu amigo Jean Marconi para participar de um sábado letivo no colégio CIMAN, onde ele leciona. Levei dois jogos, Betrayal at House on the Hill e TIcket to Ride. Jean, por sua vez, levou o Transamerica e o Mamma Mia!; todos fizeram sucesso. Primeiro eu, Jean e Juca jogamos Betrayal at House on the Hill, que consegui vencer como O Flautista. Depois, Juca foi jogar Mamma Mia!

RPGCon 2009 — Comentários

Pelo menos no que me diz respeito, a RPGCon 2009 foi um completo sucesso. Isso não quer dizer que não tenha havido problemas, mas estes não estragaram a experiência de todo positiva. Quero aproveitar para estender um respeitoso obrigado a toda a equipe que nos proporcionou um fim de semana de muita diversão. Douglas, Vasco, Janaína, Rafael, Jaime, Lobo, Tomas, Ricardo, Ana e outros de quem infelizmente não aprendi os nomes, estão todos de parabéns pelo seu trabalho e pelo seu alto astral.