Conversa de palmeira

Alimentado com o verde.

O ciclo segue, e o Sol aparece mais tarde em minhas caminhadas. Hoje havia mais luz a oeste do que a leste. As luzes do Plano Piloto iluminavam as nuvens baixas, que por sua vez escondiam o pouco de luz do Sol que já estaria aparecendo no nascente.

Passei sob uma palmeira baixa. Uma brisa soprava, e ouvi as muitas folhas conversando com seus toques. Quando voltei, as luzes da cidade haviam se apagado; agora, a luz das nuvens era mais refração que reflexão. Refletia eu: já não ouvia a conversa das folhas, que se ocupavam em sorver a luz, alimentando-se com o vermelho e me dando o verde úmido como alimento para o meu espírito.

Folhas de uma palmeira.

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior