O fascismo e os meios de comunicação

Publicado em 30/11/2019 | Category: | nazifascismo, Internet, extremismo, Alemanha,



Vou traçar alguns paralelos entre a ascensão da direita xenófoba, no Brasil e no mundo, com a cena nazifascista dos anos 1930. Não quero com isso dizer que Bolsonaro seja nazista ou fascista, nem quero usar o fantasma do nazismo como um fantoche para dizer que Bolsonaro é bobo, mau e feio. Mas identifico elementos comuns na ascensão daqueles regimes e nos de nosso momento, e é destes elementos que quero tratar.

O nazifascismo era um fenômeno complexo, social e politicamente. Entre as suas causas, destaco as seguintes: grandes perdas recentes para a população de seus países (na Alemanha, perdas de guerra e com a hiperinflação; na Itália, formalmente vencedora, a guerra teve um custo altíssimo), regimes liberais incapazes de responder aos desafios do momento, polarização do debate político entre grupos extremistas…

… e o uso consciente de novas tecnologias de comunicação por estes grupos extremistas. A ascensão dos nazistas não teria acontecido sem o uso do rádio, dos jornais (especialmente o Völkischer Beobachter e o Der Stürmer) e do cinema. O uso maciço das técnicas de publicidade fica evidente em todas as ações públicas do partido nazista. Os nazistas também instalaram uma grande capilaridade na sociedade alemã: praticamente qualquer quarteirão de uma cidade tinha o seu responsável na estrutura do partido, que respondia ao chefe de bairro, que respondia ao chefe da cidade…

Pensar a dimensão política de Hitler e Mussolini era falar em meios de comunicação de massa. Eles tomaram de assalto as tecnologias de comunicação e as usaram como armas para tomar o poder.


Deixo como exercício para a turma as comparações com o uso perverso das atuais tecnologias de comunicação – especialmente a Internet – por extremistas de todos os matizes.


Autor

Luiz Cláudio Silveira Duarte

Luiz Cláudio Silveira Duarte

Jogador inveterado, pesquisador de jogos, leitor voraz, polímata. Seus interesses de pesquisa são as regras dos jogos e as relações dos jogadores com as regras. Há muito mais, mas assim está bom para começar.