2018-07-19

Uma das características da UFPR é ter seus prédios espalhados por toda a cidade, ao invés de tê-los todos em um mesmo campus. Os prédios do campus Reitoria, onde tive aulas durante meu mestrado, ficam bem no centro de Curitiba.

A segurança é quase nenhuma. Não há qualquer controle de entrada. Os escassos vigias já viram pessoas entrarem nos prédios e irem tomar banho nas pias dos banheiros, arrancando os sifões de saída da água e ficando embaixo das pias. Já houve muitos furtos.

Claro que algumas pessoas — professores, alunos e funcionários — defendem a necessidade de mais segurança, ainda que com medidas de pouco impacto — como a instalação de catracas e necessidade de identificação.

Estas propostas são sistematicamente derrubadas à força de urros estridentes, que funcionam como a mortalha sonora de um argumento completamente falacioso: a universidade é pública, então ela tem que estar de portas sempre abertas para todos .

Ignoro se o mesmo acontece na UFPB. Boa sorte às respectivas comunidades.

https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2018/07/19/homem-armado-faz-arrastao-em-sala-de-aula-da-ufpb-em-joao-pessoa.ghtml

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior