2017-10-01

Amigos, tive um insight sobre uma proposta de reforma política que vai resolver metade dos problemas do país, de uma tacada só!

Sabemos que o que Suas Excelências mais querem é o foro privilegiado — ou, para ser técnico, o foro determinado por prerrogativa de função…

Por outro lado, manter o foro privilegiado para os principais postos governamentais está sendo um desastre para o país.

Minha proposta combina os anseios de Suas Excelências com as necessidades do país.

Primeiramente, proponho que o foro privilegiado seja extinto para todos os cargos governamentais.

Segundo, proponho que o foro privilegiado seja adotado para síndicos de condomínios.

Terceiro, os síndicos de condomínios ficam impedidos de exercer qualquer outro tipo de atividade ou mandato.

Quais os resultados práticos desta ideia revolucionária?

Para começar, o povo que ganha codinome em planilhas de propina vai correr para se candidatar a síndico, ao invés de correr para se candidatar a outras coisas. Como síndicos, eles podem continuar roubando à vontade, e as campanhas são muito mais baratas!

Para os condôminos, não faz diferença ser roubado pelo Seu João do 502 ou por Sua Excelência Aécio Hoffmann Calheiros da Silva; o roubo é o mesmo — e é muito mais fácil tirar um síndico e colocar outro do que fazer isso com um deputado ou presidente.

Por sua vez, a Nação agradecida pode continuar a eleger imbecis e safados, mas desta vez com a consciência tranquila que eles poderão ser responsabilizados judicialmente pelos seus inevitáveis crimes, e que a pesada mão da Justiça se abaterá sobre eles após o trânsito em julgado, dentro de uns vinte anos, se não chover.

Finalmente, há aqui uma justiça poética. É comum ouvirmos dizer que muitos dos próceres da República não conseguiriam nem se eleger síndicos de seus prédios. É a chance de pôr esta hipótese à prova!

Vamos começar a coletar assinaturas?

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior