Expectativas em jogos

Há coisa de três semanas, postei aqui no grupo algumas considerações sobre o problema que era um jogador violar as premissas de um jogo — especificamente, no caso do Diplomacy, a premissa que cada jogador tinha que buscar a sua vitória.

Ora, ontem começou no BGG uma discussão muito boa sobre um tema análogo. A percepção de muitos dos participantes é a de que existe um conflito de expectativas. Alguns preferem abordar um jogo como uma tabula rasa e chegar a ele sem expectativas e sem planos preconcebidos. Outros empregam (consciente ou inconscientemente) o metajogo, ainda que contrariando as premissas do jogo escolhido.

Este é um problema difícil. Creio que a melhor solução seja jogar com pessoas que compartilhem a mesma abordagem. Não é o caso de dizer que uma seja preferível a outra; o choque entre elas é que é o problema.

http://www.boardgamegeek.com/thread/1113722/catharsis

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior