2013-11-23

Curioso. Digamos que homens usassem um aplicativo deste tipo para dar notas a mulheres. Imagino que as reações seriam inflamadas contra este comportamento. Mas o inverso é aceitável?

De certa maneira, isso parece concordar com o mito da discriminação positiva . Esta é a ideia que discriminar a favor de quem foi ou é oprimido com discriminação é uma maneira aceitável de corrigir o erro. Daí decorrem as cotas raciais, por exemplo.

Contudo, é meu entendimento que (1) a discriminação é errada em si, e não devido a sua fundamentação; e mais ainda (2) a nossa Constituição, tão saudada como um marco das liberdades, não permite qualquer discriminação — ainda que a favor .

http://g1.globo.com/tecnologia/tem-um-aplicativo/noticia/2013/11/app-para-mulher-avaliar-rapazes-lulu-vira-hit-e-ja-e-usado-como-vinganca.html

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior