2013-11-22

Os bancos — principalmente os estatais, mas também os privados — lucraram bilhões com os planos econômicos. E agora não querem devolver o dinheiro ganho ao arrepio do que era justo, usando a assombração do caos econômico como pretexto.

Note-se que, ainda que o STF julgue procedentes os pedidos dos poupadores, as ações certamente continuarão a se arrastar pelo lamaçal dos intermináveis recursos iníquos que a legislação processial brasileira propicia. Assim, os autores das ações continuarão sem receber de volta o que perderam muitos anos atrás, mas os bancos certamente brandirão a decisão como um bandeira que justifique aumentar seus ganhos por outro lado — certamente com o beneplácito das autoridades financeiras.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/11/governo-preve-retracao-no-credito-se-stf-invalidar-planos-economicos.html

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior