Estreando o 1856

Hoje Claudio e Marcelo vieram jogar e resolvemos estrear o 1856. Foi uma partida muito interessante. O estilo de jogo é completamente diverso daquele do 1870, oferecendo uma experiência lúdica bastante distinta. Ao contrário do que acontece no 1870, a nossa impressão é que a condição normal de fim de jogo no 1856 não é a quebra do banco, mas a quebra de um jogador, forçada pela rápida sucessão de trens. Foi o que aconteceu em nossa partida; Marcelo quase quebrou comprando dois trens Diesel e imediatamente a seguir Claudio quebrou na mesma situação. Como eu tinha conseguido me recuperar nas jogadas precedentes de um quase-desastre, terminei vitorioso.

O Quartel-Mestre
O Quartel-Mestre
polímata
filomático
pesquisador
escritor

LUIZ CLÁUDIO, o Quartel-Mestre, the Rules Lawyer, conversa e escreve sobre jogadores e jogos de todos os tipos, sobre ludologia, narrativas, poesia, e mais.

Próximo
Anterior